sábado, agosto 19, 2006

A tumba abierta

A tumba abierta é uma gíria espanhola conteporânea. Significa "De peito aberto" ou "meter a cara" e é assim que eu definiria meu modo de escrita; Fells escreve a tumba abierta. Sem pretensões ou compromissos com qualquer coisa mas, é preciso fazermos a tal da distinção importante aqui, é sem compromisso mas é metódico entendem? estive relendo meus posts antigo e não consegui achar nenhum tipo de ligação entre eles, nenhuma sequência ou estilo mas que importa?

Mais um texto no meu adorado estilo:

"BH, Abril de 2004
Meus pés pálidos sobre o a cerâmica branca. Unhas negras, má idéia. Fiquei com a impressão de que martelaram cada uma delas . O frio sempre deixa as pontas dos dedos vermelhas. Ela disse que gostava dos meus pés. Ficou me olhando quando eu levantei da cama, e me pus a caminhar devagar, observando cada movimento que eles faziam, cada tendão que se contraía. Realmente, são bonitos, não exatamente pequenos mas, bem tratados. Os pés dela, parecem o negativo dos meus, são negros, como é negra a minha solidão, as unhas claras, como são claros os meus olhos." E a cor das pontas dos dedos dela, o frio não consegue mudar!
io não consegue

5 comentários:

Luke disse...

"De peito aberto, puxando fumo e seguindo adiante"(adaptado) já virou minha filosofia
Bjos

Dimmy disse...

ÊêÊÊ! Legal vc encontrar um estilo :) ... adorei a expressão "a tumba abierta" ... muito massa. Me lembrou dos fluxos de consciência do Michael stipe e chan Marshall :)

cara de anú disse...

Eu gosto disso, não seguir um padrão e esquever o que quer na hora, o que sente, o que tá na cabeça :]

gabriella disse...

adorei isso. muito mesmo.

Paulozab disse...

É por isso que meu blog não segue nenhuma linha... O que eu posto hoje pode não ser o que estarei pensando amanhã... Ou naquela hora.