domingo, julho 08, 2007

Love Kills


“Ever get the feeling you’ve been cheated?” fala Sid Vicious para o público em uma das últimas apresentações dos Sex Pistols, com a aparência embreagada, drogada, mutilada... Tudo isso era por amor, por Nancy Spungen.

Na verdade, essa é uma das cenas do filme "Sid and Nancy"(1986), do diretor Alex Cox. A frase, na realidade, foi dita pelo vocalista dos Pistols, Johnny Rotten, no fim de uma música chamada "No fun". O filme quis, de forma apurada, marcar a história do relacionamento entre o famoso casal do rock, e isso se deu através da sua nauseante história de amor e conflitos. No elenco está Gary Oldman, Chloe Webb, e acreditem se quiser: Courtney Love tem uma pequena parte no filme, interpretando uma amiga do casal em Nova York. Ela, que, na década seguinte iria protagonizar (ou antagonizar) uma outra tragédia passional com Kurt Cobbain, do Nirvana.

O filme já começa diretamente explicando a realidade que o casal vivia. Na cena inicial, Sid, encarcerado pela morte de sua amada, faz uma retrospectiva mental pelos acontecimentos, até o momento de sua presente situação. É um misto de cômico e trágico, entrelaçados numa inércia provocante no tocante moral, físico e psicológico. Desde o consumo de drogas aos momentos de total vazio de vida que o casal tinha, em momentos de crise, abstinência ou mesmo sobriedade, mesmo que bastante breve.

Eram cercados de drogas, sexo e o caos se instalava em todos os ambientes que a trama tomava lugar.A versão cinematográfica explica que eles se conheceram através de uma briga de bar que ela teve com um de seus fornecedores de drogas,porém, existem versões que dizem que Rotten foi quem os apresentou. Veracidades ou não, o importante é compreender a gravidade que as situações que são refletidas no filmes tomam cada vez mais que nos aprofundamos na trama.
Muitos acreditam que Vicious foi o real culpado pela morte de sua companheira, mas não se sabe os motivos pelos quais ele teria efetivado o assassinato.

Há diversas teses explicando o fatídico destino do casal, porém nada comprovado. O filme se baseia na idéia de que ele teria acidentalmente ferido Nancy numa discussão, enquanto estavam sob efeitos de drogas. Segundo o livro "Mate-me, por favor" volume II, onde tem um capítulo inteiro sobre o relacionamento do casal, relata que após uma festa, Vicious desmaia numa cama, e no cenário estão Sid, Nancy e um outro homem. Sabe-se que depois que Vicious retorna a consciência, ele se depara com o corpo de Nancy sentada debaixo da pia, seminua e ensangüentada e uma certa quantia de dinheiro extorquida dele.Nada se sabe... O importante é ver com que irreverência a cena final faz em alusão a posterior morte de Sid, ou talvez um espaço para outras interpretações.

Vale a pena também pesquisar pela trilha sonora do filme, nela existe uma música em especial que se chama "Love Kills" de Joe Strummer, vocalista do The Clash, além de outras bandas que marcaram época na geração de 77.

5 comentários:

Fells disse...

Lets be punks again, é incrivel como casais problemáticos nos encantam e nos fazem vibrar, dese bonnie & clyde a coisa é assim, sempre a nossa busca louca por dualidade.
Esse negócio do Courtney só prova uma coisa: a vida SEMPRE imitou a arte, qeu por sua vez imita a vida.

Monsieur Coçard disse...

pois é... muitas loucuras em uma vida bem curta... tudo isso e mais um pouco o tornaram uma das lendas do rock.. e o mais interessante é que ele nem chegou a gravar um disco com os pistols...

abraços

Wagner disse...

vou procurar esse filme... Sex Pistols é muito show!

Silêncio de Chumbo disse...

Já ouvi falar dele, mas nunca vi... vou dar uma procurada tb...

bella...=^.^= disse...

Opa...
Pareceum filme interessante.
Vou dar uma pesquisada aqui na locadora.


Gostei do blog..

bjosssssss